Home » Forros em Curitiba – Projetista e Instalação

Forros em Curitiba – Projetista e Instalação

Estão disponíveis vários tipos de Forros em Curitiba. Consoante o tipo de obra, o projetista ou o dono da obra vai fazer a sua escolha. Entre outros fatores, são considerados o isolamento térmico, o isolamento acústico e a estética do acabamento. Os forros mais vulgares são de gesso, PVC, madeira e aglomerados de celulose, lã de vidro, mineral, Isopor, etc..

Os forros podem ter funções isolantes ou apenas decorativas; um só forro pode ser solução para essas funções.

Certas soluções arquitetônicas exigem forros sob telhados ou sob lajes estruturais que dão suporte a instalações e tubulações que necessitam ser forradas de forma prática, barata a fim de isolar termicamente a área forrada.

Em tetos, os forros podem requerer um sistema de sustentação e este pode ser simplesmente realizado por perfilados de chapa galvanizada pintados na cor do forro e suspensos por tirantes.

Para tetos e paredes ou telhados, eis alguns dos mais populares forros:

Comecemos pelo facefelt, um feltro constituído à base de lã de vidro aglomerada com resina sintética, revestido com laminado que é caracterizado por possuir alto nível de isolamento térmico e acústico, que lhe permite transmitir conforto ao ambiente climatizado com economia de energia e redução da condensação. O facefelt é muito utilizado para isolamento térmico e acústico em coberturas já existentes de galpões, instalações fabris, armazéns e outros espaços onde o forro não foi aplicado na fase de construção da obra.

Os forros minerais vêm em painéis para montagem que são fabricados a partir de minérios de rocha. Na fabricação, a lã mineral, a perlite e a argila são alguns materiais utilizados que possuem qualidades insuperáveis, principalmente quanto a proteção contra o fogo e ruído. O forro mineral é referência quando o controle acústico, o isolamento térmico e a proteção ao fogo estão em causa. Sendo classificado como forro não combustível, ele pode resistir até 120 minutos ao fogo, o que o torna um acabamento seguro e ótima opção para escritórios, auditórios, escolas, restaurantes, lojas, instalações de processos industriais, etc.. O forro de fibra mineral serve de acabamento e normalmente integra-se bem com a iluminação e aparelhos de climatização. A sua fácil remoção, permite acesso rápido a circuitos elétricos, hidráulicos e condutas de ar condicionado que se estendem pelo entreforro. Forro resistente até 95% de umidade relativa do ar, apresenta-se em diferentes espessuras e pode receber tratamento bactericida e antifúngico.

Os forros de lã de vidro oferecem alta resistência mecânica graças ao entrelaçamento das suas fibras e é uma das melhores opções para tratamento térmico e acústico de coberturas comerciais, industriais e residenciais. A lã de vidro resiste ao fogo e, com o tempo, não perde a sua eficácia. Forros compostos por painéis de lã de vidro possuem superiores índices de isolamento térmico e de som, adicionando conforto, segurança e significativas poupanças de energia em ambientes climatizados. Forro de aplicação fácil, apresenta-se com diversas densidades, formas e espessuras, o que o torna muito versátil face às necessidades de isolamento para áreas comerciais e industriais. A relação custo benefício é muito agradável.

Os forros de PVC foram introduzidos no mercado no final dos anos 60. O PVC é dos materiais mais versáteis para forros e começou a receber maior destaque há cerca de uma década, altura em que passou a ser utilizado em forros dos postos de abastecimento de combustíveis. Apresenta várias características das quais se destaca o seu excelente isolamento térmico que, sem dúvida, contribui bastante para a redução do consumo de energia. Além de isolante acústico e elétrico, tem também a propriedade de não propagar o fogo. Resiste muito bem a intempéries e é 100% reciclável, exigindo pouca manutenção e fácil de limpar. A sua vida útil é muito dilatada, o que lhe aumenta bastante a relação custo-benefício. O PVC é muito utilizado na construção civil, estimando-se que cerca de 65% de toda a produção seja destinado a esse setor. Cerca de 75 mil toneladas anuais de forro de PVC são fabricadas no Brasil. É um produto prático e higiênico, fácil de lavar, resiste aos ataques de cupins, mofo e corrosão, não é deformado pelo álcool ou detergentes de limpeza, o que o torna ótimo para uso hospitalar e clínicas médicas mas também para escolas e restaurantes. Sem necessidade de manutenção especial nem de pintura, é um forro perfeito para qualquer ambiente, comercial ou industrial onde a temperatura não exceda os 45°C. O forro de PVC ganha espaço na arquitetura pelas suas propriedades, beleza especial, facilidade de limpeza e de instalação. Cloreto de polivinila ou PVC, um dos materiais mais versáteis da atualidade.

Os forros de Isopor ou EPS – Poliestireno Expandido – são excelentes para aplicação em ambientes que necessitam de isolamento térmico sem descorar a beleza, olhando a economia, segurança e o lado prático. O forro de EPS é impermeável, isolante e permite a inclusão de relevos decorativos que podem ser pintados com tintas acrílicas e de PVA. É um forro fácil de manusear, antialérgico e resiste a ataques de cupins. As placas de forro Isopor não amarelam nem perdem a cor quando devidamente tratadas pelo fabricante e resistem bem à umidade, sem atrair sujeira e é possível repintá-las. Isolante térmico de frio e calor sem igual, o forro de isopor permite instalar aparelhos de ar condicionado de menor potência, o que proporciona a diminuição do consumo de energia.

Os forros modulares se encaixam com a simplicidade de um clique e os painéis são assentes sobre uma estrutura metálica ligeira, sem necessidade de cortar, evitando sujeiras e diminuindo o desperdício de material. No final, um forro flexível que absorve o movimento e as vibrações da estrutura de suporte, evitando assim fissuras no material. O entre forro é acessado com muita facilidade, bastando retirar um painel do forro modular e recolocá-lo depois da intervenção terminada. A utilização de tipos diferentes de painéis em uma aplicação pode trazer vantagens. Por exemplo aqui é preciso isolamento térmico, e mais ao lado, isolamento acústico, na mesma divisão. Os painéis para a montagem de um forro modular disponíveis na maior parte dos fornecedores são os de gesso, isopor, lã de vidro e PVC.

Os tipos de forro de gesso vão do tradicional ao personalizado. Exemplo de um forro de gesso tradicional é um teto rebaixado sem mais detalhes. O forro de gesso personalizado é feito de acordo com o gosto do cliente; por exemplo, um teto emoldurado. Para decorar seu teto de gesso, existem belas sancas ou bandejas de gesso. Os forros de gesso são ótimos e muito utilizados para decorar ambientes desde há longa data, nos Estados Unidos e na Europa. A sua utilização parece ser ilimitada e adaptada aos mais exigentes projetos o que faz com que a criatividade de engenheiros e arquitetos os incluam em todo o tipo de construção. Além de serem forros leves, resistentes ao fogo e umidade, aderem a diversos tipos de substratos, facilitam o acabamento liso e decorativo e mantêm o equilíbrio higrotérmico, podendo até contribuir para a redução da condensação em ambientes onde o vapor de água abunda. Como todos os forros eles têm alguns pontos fracos dos quais destacamos o aparecimento de bolores quando a ventilação do ambiente é fraca e a umidade é alta.

Forros em Curitiba – Projetista e Instalação
5 (100%) 2 votes

Comments are closed.

Facebook

Kabum - Otimizacao Sites Google GF10.com