Home » Drywall placa de reboco para substituição de paredes

Drywall placa de reboco para substituição de paredes

O drywall é uma placa de reboco que usa tecnologia própria para a substituição de paredes, tetos e revestimentos internos convencionais em edifícios de qualquer tipo. Essa tecnologia consiste no aparafusamento de chapas de gesso em estrutura de suporte, geralmente de aço galvanizado. É uma técnica que já não é nova apesar de só nos últimos anos ter ganho boa expressão por todo o país. Europa e Estados Unidos vêm usando esta tecnologia desde há mais de cem anos, com enorme sucesso.

O drywall é muito mais leve e menos espesso que as paredes de alvenaria. O drywall consiste em chapas fabricadas através de processo industrial onde uma massa composta por gesso, aditivos diversos e água, são laminados de forma contínua, entre duas lâminas de cartão. O material assim produzido é próprio para uso em interiores, sobre estrutura de perfis de aço. Para obter resistência a chuva e vento, o drywall deve ser coberto com chapas cimentícias.

Principalmente em áreas comerciais mas não limitado a essa área da construção civil, o dry wall vem ganhando terreno. Isso se deve ao fato de as paredes e tetos de drywall permitirem com facilidade a inclusão de instalações elétricas, hidráulicas , ar condicionado ou qualquer outra. Estas instalações podem ser implementadas por aparafusamento direto em perfis de aço galvanizado ou através de um sistema denominado de fixação a polvora. Além de estruturas de perfis de aço, qualquer estrutura de madeira ou concreto pode ser coberta com placas de reboco ou drywall.

Quando se pretende fixar um objeto pesado na parede ou teto de drywall, a fixação é feita diretamente na estrutura, a armação de suporte geralmente em aço mas, por vezes, de madeira ou concreto. Isto coloca um problema de planejamento para que o projeto da estrutura contemple barras ou placas de aço nos locais onde se pretende instalar tais objetos de peso considerável.

Tirando esse planejamento extra, a montagem de um fechamento com drywall é de uma extrema facilidade, exigindo prazos de montagem muito curtos o que diminui o tempo de entrega. Como tempo é dinheiro, os custos são mais baixos além de se obter ganho em área utilizável de até 4%, devido à pequena espessura do sistema drywall. As paredes e tetos de drywall apresentam-se completamente lisos, aptos para receberem qualquer revestimento final ou pintura, sem mais preparação.

O sistema mais simples de drywall compõe-se de uma linha de perfil e uma chapa drywall de cada lado. Tal sistema pesa apenas 25 kg enquanto o equivalente em alvenaria pesa 150 kg. É fácil de calcular que com tamanha leveza, uma dada edificação vai exigir fundações e estrutura mais ligeiras, diminuindo drasticamente o custo total do edifício.

Existe uma placa drywall adequada a cada projeto. A standard para áreas secas, a resistente à umidade, para aplicação em ambientes sujeitos à ação da umidade de forma intermitente ou ainda a placa resistente ao fogo para aplicação em zonas com exigências especiais relativas ao fogo. Com borda normal, borda rebaixada, borda quadrada, há uma que é a certa para cada fim.

A Associação Brasileira de Normas Técnicas, ABNT produziu normas a observar na produção das chapas de gesso acartonado, drywall. As três normas de 2001 foram canceladas e substituídas por duas: A ABNT NBR 14715-1:2010 e a ABNT NBR 14715-2:2010.

A norma ABNT NBR 14715-1:2010 determina quais os requisitos para chapas de gesso para drywall, destinadas à execução de paredes, forros e revestimentos internos não estruturais.

A norma ABNT NBR 14715-2:2010 estabelece procedimentos laboratoriais para se proceder à determinação de características geométricas e físicas bem como os métodos de ensaio a serem aplicados para testar chapas de gesso para drywall, de modo a verificar a sua conformidade com a ABNT 14715-1:2010

Este par de normas ajudam a determinar o desempenho do produto drywall através das suas características. Entre elas destacam-se as características geométricas da chapa, ou seja, a espessura, largura, comprimento e esquadro. Ainda a considerar, temos a densidade superficial de massa, a resistência mínima à ruptura na flexão, a dureza superficial e a absorção de água.

À saída da fábrica as placas drywall podem estar embaladas em paletes em número variável, dependente do seu tamanho e espessura. O empilhamento de paletes é limitado a um máximo de 5 ou 6. O drywall deve ser transportado na vertical, um a um ou cintado dois a dois. De preferência, deve ser colocado próximo ao local de aplicação, em lugar seco e abrigado.

O corte das placas de drywall é feito por meio de estilete e régua ou com serrote ou serra circular.

O seu fabricante ou revendedor Drywall em Curitiba dispõe de pessoal qualificado para efetuar qualquer projeto e montagem de drywall . Pode também lhe oferecer suporte técnico para a escolha do drywall adequado a cada instalação e sua manutenção. Consulte igualmente para obter explicação  sobre como armazenar, coletar e reciclar os resíduos de drywall para que o ambiente não saia prejudicado.

Drywall placa de reboco para substituição de paredes
3 (60%) 2 votes

Comments are closed.

Facebook

Kabum - Otimizacao Sites Google GF10.com